Browsing Tag

dj tanner

    Séries

    6 curiosidades de Três é Demais e Resenha de Fuller House num mesmo post!!!

    1 de março de 2016

    Inhai queridas e queridos!!! Como eu disse, estou de volta com tudoooo!!!  Como fiquei tanto tempo sem escrever, resolvi fazer no mesmo post a resenha do reboot produzido pela Netflix, Fuller House e ainda seis curiosidades de Três é Demais, conhecido na gringa como Full House:

    Bem, vamos agora ao review da mais nova produção da Netflix? Vaaaamos!!! O primeiro episódio reuniu a galera toda, o que nos fez voltar a 1987, onde a gente vê um pai solteiro tendo que cuidar das três filhas com a ajuda de sues amigos e foi assim em 2016, mas agora a vez de protagonizar esse drama, é a filha mais velha de Danny que tenta criar seus três filhos com a ajuda de sua irmã e sua melhor amiga.

    fuller-house-piada

    Durante os episódios, a gente vê que a história continua a mesma, o que não significa que seja uma coisa ruim como eu li em alguns lugares. Na verdade, quem mais queria que esse reboot acontecesse são os fãs da série original, com a mesma história, mesmo drama e as mesmas piadas, quer dizer, algumas mais melhoradas, haha… E ainda de quebra vemos personagens antigos, como a Kimmy e o Steven dando mais graça aos personagens novos como o Matty e o Fernando. Siiim, tiveram algumas coisas meio nada a ver como fazer a personagem principal ficar dividida entre um amor novo e um antigo. Sobre isso: é legal trazer a galera antiga, mas o foco é mostrar que a DJ seguiu em frente, sabe, que ela se apaixonou, casou, teve três filhos maravilhosos e por infortúnio da vida profissional do marido, que era bombeiro, faleceu.

    fuller-house-tmi

    Agora, bati palmas para todas as piadas feitas em relação a ausência das gêmeas Mary Kate e Ashley Olsen; o preço das roupas das ex-atrizes e agora estilistas; adorei a alfinetada dada no candidato a presidência americana no lado republicano, Donald Trump; mas o melhor de tudo foi introduzirem de forma bem humorada e disfarçada o atrito que aconteceu entre Candace Cameron, que dá vida a DJ Tanner e sua ex colega de palco, Raven Symoné. Pra quem não lembra, as duas se estranharam durante uma apresentação do programa The View, que também foi mencionado, por conta de um casal de gays que tiveram problema com um confeiteiro que se recusou a atende-los pelo simples fato deles serem homossexuais. O fato é que Candace que é evangélica, foi a favor do confeiteiro ao ponto que Raven que é lésbica assumida, foi a favor do casal. Então já deu pra imaginar como essa alfinetada em Fuller House foi uma sacada genial? Hahaha..

    fuller-house-piadas

    Óbvio que não posso deixar que comentar das crianças fofas que arrasaram! Gostei da dinâmica dos pré-adolescentes, Jackson e Ramona e sua relação “somos amigos, mas não me enche o saco”, haha… Mas o mais fofo de todos, que roubou o posto fofurice da personagem Michele foi para o Max… Gente, ele é fofo demais, inteligente demais. E pra mim, eles mostraram ao que vieram!

    E por último, preciso confessar que na maioria dos episódios derramei algumas lágrimas… Não! Não sou manteiga derretida, quer dizer, não sou muito, rs… Não foi porque o episódio em si foi triste ou porque estava muito saudosista. Chorei em momentos bem específicos, como na parte que a irmã Stephany está chateada porque ela é estéril ou quando o Max disse que não tinha andado no caminhão com o pai e vamos combinar que foram emocionantes. Mas me diz ai qual foi o episódio que você mais gostou e se não gostou, o que você escreveria diferente no roteiro de Fuller House?

    Assinatura Natalia Wilde