Londres

londres-me-identifiquei

Já vou logo dando spoiler, melhor cidade ever!!!! Londres, capital da Inglaterra, meca dos pubs, da música boa e do melhor sotaque!!!

london 1

Sai do Rio as 17:20 e como a companhia aérea que escolhi era a Air France, fiz uma parada em Paris as 9:30 e de lá embarquei para o aeroporto de Heathrow em Londres. Assim que desembarquei, entrei na fila de imigração inglesa, preenchi uma fichinha com todos os meus dados pessoais, número de passaporte, número do voo, quantidade de dias que eu iria ficar na Inglaterra e quantidade de dias que iria ficar em outros países, além do local onde iria ficar hospedada. Feito isso, aguardei mais um pouco e finalmente quando chegou minha vez, o oficial pediu meu passaporte, perguntou qual o motivo de minha visita e ao responder que estava indo fazer um intercâmbio de Inglês e outro de Negócios, ele deu uma risada, carimbou meu visto e entregou meu documento. Como eu já tinha sido avisada que a imigração britânica era chatinha, deixei separado os endereços do hostel e do apartamento estudantil, a carta de aceitação da escola onde iria estudar, comprovante de passagem de volta e até informações sobre os outros países, bem como uma anotação com a quantidade de euro e libra em espécie que eu tinha, os cartões de crédito e meus VTM’s (Visa Travel Money, um cartão recarga que funciona como débito lá fora). Mas ao contrário do que muita gente falou, minha ida a imigração foi super tranquila, tanto que após o oficial ter entregado meu passaporte, eu ainda fiquei esperando ele pedir mais alguma coisa, então ele olhou pra mim e disse: — Go, go, you can go! (Vai, vai, você pode ir), haha.

Assim que deixei a imigração, fui comprar algo pra comer e beber, e procurar um sim card (chip de celular) para ligar pra casa e avisar que eu já tinha desembarcado e tinha ocorrido tudo bem. Como estava muito cansada, resolvi pegar um táxi, o famoso black cab e por sorte peguei um motorista super hiper mega simpático que foi fazendo a linha guia turístico, haha. A corrida não foi nada barata, saiu £70,00. Ao chegar no hostel, o St Christopher Inn London Brigde, dei outra ligada pra casa e deixar todo mundo tranquilo. Enfim, depois de ter feito meu check in e ter ido deitar um pouco, conheci uma menina da África do Sul e uma americana. Eramos as únicas três meninas num quarto com mais 15 homens, haha e como só iria ficar lá até domingo, não liguei. O.B.S: as pessoas nos hostels são super educadas. Na sexta feira a noitinha, eu e a Shelby, a sul-africana, fomos explorar um pouquinho o shopping. Aproveitei pra comprar o perfume 1 million by Paco Rabanne e um par de botas na House of London e depois fomos comer no Mc Donalds.

No sábado, eu e as meninas tomamos café e fomos para a Oxford Street, uma rua só com lojas!!! Ou seja, fiz uma festaaaaaa!!! Fui na Disney Story e estava toda decorada com Frozen e comprei na Primark, na Forever 21, na H&M, em lojas de souvenir e chaveiros em bancas de jornal. De lá fomos a Candem Town, bairro onde Amy Winehouse cantava. A noite fomos para o pub do hostel.

london 2

A cima Disney Story e embaixo e lateral Candem Town

Domingo acordei super cedo, tomei meu café, descansei um pouco no espaço lounge e fiz meu check out. Então resolvi explorar a cidade, fui andando, andando, andando, quando vi já estava na Southwark Cathedral. Não podia tirar foto dentro da igreja, então eu só me sentei e assisti meia hora de missa anglicana. Dali fui andando no sentido do rio Tâmisa, tomei um café na Starbucks e fui ao Shakespeare Global Theatre e fiquei maravilhada de estar ali… Fala sério, Shakespeare, fiquei tão emocionada que comecei a chorar e lembrei do meu tio querido. Um misto de emoções que só poderiam ser sentidas num lugar como o Global. Depois de tanto me emocionar, continuei minha caminhada por Londres e passei pela ponte Millenium e cheguei ao Tate Modern Museum, museu de arte moderna britânica. A entrada é gratuita e fiquei pelo menos umas duas horas ali dentro.

london 3

Da esquerda para a direita e de cima para baixo: Southwark Cathedral, London Brigde, Millenum Brigde, Tate Modern Museum, St Paul Catheral, os esquilos lindos e Russel Square, uma pracinha próxima do meu curso.

Quando estava saindo, me deparei com muitos artistas se apresentando do lado de fora do museu, o que me deixou ainda mais encantada. Então decidi ir a St Paul Cathedral, um dos pontos turísticos mais famosos de Londres. Dei a volta no parque e fiquei espantada com a quantidade de esquilos, hahah. Surtei!!! Quem não surtaria??? Tirei várias fotos, abri um pacote de biscoito que estava na minha bolsa e fiquei feito uma criança alimentando os esquilinhos. E naquele momento eles eram os meus Ticos e Tecos da vida real, hahah. Como sempre, dentro da St Paul não pode tirar foto, mas só de poder admirar tanta beleza arquitetônica já me deixou satisfeita.

E não posso esquecer de mencionar, assim que sai da igreja, começou a chover, o que é corriqueiro em Londres, então abri meu guarda chuva e continuei minha caminhada. Passei por várias lojas, comprei mais presentes e porta copos temáticos da Inglaterra, meus olhinhos brilharam!!! Hahaha. Já estava ficando tarde, por isso, fiz meu caminho de volta e presenciei uma parada comemorativa do dia 5 de janeiro… Não me perguntem o que era, nem eu entendi, haha. Enfim, cheguei no hostel, peguei minhas malas, entrei num black cab – acabei pegando um táxi porque perdi a noção da hora e quando me deparei já tinha que ter ido para meu apartamento estudantil e como era a primeira vez, eu tinha que pegar minha chave, receber instruções de convivência e tal e depois de certa hora só ligando para a emergência, imagina o transtorno? Enfim, estava com tanto sono que fui dormir as 20:30 e como no dia seguinte, eu tinha aula (isso mesmo minhas aulas do intercâmbio iriam começar na segunda) + ida ao estúdio do Harry Potter, aproveitei pra ligar pra casa, dar um oi pra família e dormir!

Na segunda de manhã, saindo do apartamento, fiz amizade com uma holandesa e acreditei nela ao pegar o ônibus 168 pra ir pro curso. O ônibus estava certo, o sentido que estava completamente errado, hahah. Depois de chegar atrasada no meu primeiro dia de aula e fazer amizade com meus colegas de classe e professores, fui feliz da vida pra estação Euston. Lá é basicamente uma estação central com trem, metrô e ônibus. Fiz minha recarga no Oyster Card, um rio Card super melhorado e bem mais proveitoso, haha. Entrei no trem em direção a estação de Watford Junction. Bem na saída do trem, tem um ponto de ônibus especial da Warner Bros que leva as pessoas até o estúdio por apenas £2,60 ida e volta. E finalmente depois de ir ao guichê para trocar meu ingresso comprado por £30,00 com três meses de antecedência pela internet, eu adentrei o mundo de Harry Potter!!!

16hp

O estúdio ainda estava com a decoração de natal, então todas a árvores tinham neve, todas as portas tinham guirlandas, enfim. Foi uma emoção muito grande poder ver com meus próprios olhos toda a produção da saga. Eu tirei muita foto, muita foto mesmo, rs, mas como essa página já vai ficar grande, quem tiver interesse deixe um comentário, porque aí eu faço um post só sobre o estúdio! Ah tive que tomar a cerveja amanteigada e depois comprar os feijões de todos os sabores pra mim e pra minha irmã!

london 4

Na terça-feira, fiz amizade com um brasileiro lá no apartamento estudantil e juntos passamos a semana passeando e fazendo compras e aproveitamos pra comprar o ingresso do musical Rei Leão!!! Aliás cada dia eu voltava com uma sacola diferente com roupas, sapatos e maquiagens na Boots, uma farmácia inglesa que vende de tudo, inclusive ótimas makes, haha. Na sexta, como eu saia do curso as 13 horas, comprei minha passagem de trem para ir para Paris e da volta para o domingo e fui para a St Pancras International Station, nessa estação é onde entram e saem todos os trens vindos de outros países da Europa.

Na semana seguinte, logo na segunda, dia 13, era meu aniversário, então decidir não ir a aula e descansar pois a noite eu iria ferver, haha… A Shelby, sul-africana que conheci no hostel foi festejar comigo na boate Zoo Bar e a noite foi tão boa que chegamos em casa as 6 da manhã. Conclusão: mais um dia sem ir ao curso, haha. Então aproveitei para conhecer a British Library, biblioteca britânica, um lugar super moderno, por sinal. Finalmente quarta, dia 15, chegou! Finalmente eu iria ver o espetáculo do Rei Leão!!! Só posso dizer uma coisa: foi lindoooooooooooooo!!!

london 5

Da esquerda para a direita e de cima para baixo: Picadilly Circus, British Library, St Pancras International Station, M&M’s Store, Lyceum Theatre onde aconteceu o musical do Rei Leão, Greek Park, Palácio de Buckinghan, Big Ben, London Eye, Abadia de Westminster, interior da Abadia de Westminster, o jardim de Westminster, a bandeira fincada em uma das torres da Abadia e o Ice Bar.

Na quinta, fui para a primeira aula, almocei e faltei o segundo tempo para terminar de visitar outros lugares que eu não havia ido. Peguei na estação Euston o metrô para a estação Green Park. O parque é lindo, cheio de arvorés, esquilos e pessoas correndo e respirando um ar super puro. E bem na saída do parque, fica o Palácio de Buckingham, que é majestoso e digno de uma Rainha, mas infelizmente não pude entrar pois só fica aberto no Verão, época em que a família real não está por lá. E ainda de quebra, pude assistir a troca dos guardas reais!!!

De lá, peguei o metrô e desci na estação de Westminster e pude ver com meus próprios olhos o Big Ben, local onde o Peter Pan se pendurava, a London Eye, que emoldura as capas e a abertura da série britânica Sherlock e claro, a Abadia de Westminster que serviu para as locações da minissérie documentário The real White Queen and her Rivals — se quiser saber mais clique aqui, e claro, local onde a princesa Diana e o príncipe Charles casaram e há pouco tempo o príncipe Willian e a duquesa de Cambridge, Kate Middleton. Na verdade, a Abadia é considerada uma das mais importantes igrejas britânicas e é o local de repouso de muitos monarcas, inclusive da Rainha Elizabeth da Inglaterra e da Rainha Mary Stuart da Escócia. O lugar é simplesmente belo! A noite, aproveitei para conhecer o Icebar, um bar todo de gelo a menos 5 graus Celsius.

Sexta feira, acordei cedo, terminei de fazer minhas malas, fui para minha última aula no curso. Almocei e voltei no meu apartamento estudantil para pegar minhas malas e ir da estação Euston até o aeroporto de Heathrow. Chegando lá, coloquei minha mala enorme e pesada no cofre do terminal 5, separado somente para a companhia aérea British Airways e voei para Amsterdam!

Se eu pudesse voltar para Londres agora, nesse exato momento, já estaria de malas prontas!!! O enorme papo de que os ingleses são frios e insuportáveis não passa de um mito, pois só me deparei com pessoas educadas, calorosas, de bem com a vida e dispostas a conversar. Quando precisei pedir informações, as pessoas foram solicitas, quando precisei tirar dúvidas sobre maquiagem e tamanho de sapato, sempre fui ajudada. Fui muito feliz de ter viajado pra lá!

Tenho alguns vídeos falando mais, só dar o play:

Estou sempre postando sobre Londres, então se você quer saber mais, só clicar na categoria viagens, aqui na lateral ou digitar o que você procura em pesquisa!

7 Comments

  • Reply Decorar também é arte!!! | Me Identifiquei 16 de dezembro de 2014 at 12:24

    […] Londres […]

  • Reply Há um ano atrás… | Me Identifiquei 3 de janeiro de 2015 at 12:14

    […] Londres […]

  • Reply Comprinhas em Londres com direito a dicas!!! | Me Identifiquei 28 de julho de 2015 at 13:06

    […] Londres […]

  • Reply Um achado bem legal: TAG Blogueiros do Mundo!!! | Me Identifiquei 4 de outubro de 2015 at 15:01

    […] Londres […]

  • Reply ✈️ Guia do Itinerante – Como planejar uma viagem? | Me Identifiquei 16 de outubro de 2015 at 17:30

    […] Londres […]

  • Leave a Reply