Viagens

Brasileiros vão pagar taxa para entrar na Europa

7 de Maio de 2018

Inhai, gente linda, tudo bem? Curtiram bastante o final de semana? Vão descansar agora nesse domingão? Espero que sim! Tá planejando seu mochilão pela Europa? Então vem ler esse post aqui que pode ser importante! Acontece que dia 25 do mês de abril foi aprovado um acordo entre o Parlamento Europeu (LIBE Committee) e o conselho do COREPER (comité dos representantes permanentes da União Europeia), em Bruxelas para cobrar uma taxa de  turistas e profissionais de países que não precisam de visto para entrar na União Europeia (UE).

Acontece que desde 2016, o o Etias (The European Travel Information and Authorisation System – Sistema de Autorização e Informação de Viagens Europeias) discutia-se um projeto para aumentar a segurança na Europa. Por exemplo, os brasileiros entre 18 e 70 anos terão que se preencher um formulário num site e pagar uma taxa de  7 euros (por cada aplicação). Mas calma, não vai ser a cada viagem não. Cada aplicação será valida por 3 anos ou até a expiração do passaporte e assim brasileiros não precisarão de visto para entrar nos países do Espaço Schengen (Áustria , Bélgica, República Checa, Dinamarca, Estônia, Finlândia, França, Alemanha, Grécia, Hungria, Islândia, Itália, Letônia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Holanda, Noruega, Polônia, Portugal, Eslovênia, Eslováquia, Espanha, Suécia e Suíça). Ou seja, a gente vai poder viajar sempre que quiser e que os golpinhos derem para isso, né? Hahaha…

europa-cobra-taxa-de-brasileiros-me-identifiquei

Ao preencher o formulário, todas as informações apresentadas em cada candidatura serão automaticamente processadas junto das bases de dados da União Europeia e da Interpol, para averiguar se existem motivos para recusar a autorização de viagem como mandados de prisão ou alertas em geral. E somente se não forem identificados nenhuma situação de alerta a autorização será emitida automática, apos o pagando da taxa de 7 euros, claro. E na hora do embarque, seja aérea ou marítima, os passageiros deverão portar o passaporte e a autorização de viagem válida.

Bem, por essa a gente não esperava, né? Por um lado é mais um gasto, por outro é uma segurança extra tanto para a Europa quanto pra gente que viaja. Assim que o site estiver disponível, eu posto aqui, ok, gente?

Um beijo dessa que vos escreve,

assinatura Natty Wilde

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply