Assuntos Sérios Séries

Precisamos falar sobre…assuntos sérios II + Reign

10 de dezembro de 2014

Como vocês devem ter lido ontem, criei um post para falar de assuntos sérios. E hoje vou falar um pouco sobre um assunto super mega hiper desagradável e super necessário: violência sexual a mulher. Uma em cada 14 mulheres já sofreu alguma vez na vida abuso sexual por quem não é seu parceiro. Esse dado alarme foi retirado de uma pesquisa realizada pela revista The Lancet em fevereiro desse ano. E na maioria dos casos as vítimas não reportam o crime por vergonha e medo de ser responsabilizada pelo estupro.

No Brasil, os dados também são alarmantes, o Ministério da Saúde revelou em 2013 que o SUS (Sistema Único de Saúde) recebeu em seus hospitais e clínicas em média duas mulheres por hora com sinais de violência sexual em 2012. E os números seriam maiores se contar com a rede privada de hospitais. E segundo dados da secretária, o número de relatos de abuso sexual contra mulheres pelo serviço Ligue 180 passou de 320 em 2006 para 1.686 em 2012.

Para quem assistiu o episódio 9 da segunda temporada de Reignspoiler para quem não viu – a cena da Rainha da Escócia e da França, Mary Stuart sendo estuprada foi bastante perturbadora. Longe de mim, comparar uma cena fictícia de série a uma cena real vivida por milhares de vítimas ao redor do mundo. Faço esse comentário porque, primeiro o blog é sobre séries e filmes, e segundo porque a série está fazendo uma campanha incentivando que as denúncias sobre esse crime horrendo sejam feitas. A atriz principal, Adelaide Kane, lidera a campanha.

Já no Brasil, existe a Central de Atendimento à Mulher – Ligue 180 é um serviço gratuito de atendimento telefônico da Secretaria de Políticas para as Mulheres, que foi criada para que a população brasileira, em especial as mulheres, pudessem receber orientações e denunciar casos de violência de gênero, em suas diversas formas. Trata-se de um serviço de utilidade pública de emergência, de abrangência nacional, que pode ser acessado pelo número 180, gratuitamente, 24 horas por dia, de qualquer terminal telefônico – móvel ou fixo, particular ou público – todos os dias da semana, inclusive domingos e feriados. E lembrando, se uma mulher disser NÃO, entenda, conforme-se e respeite o NÃO. Às mulheres, vítimas ou não, denunciem! Não deixem esses irracionais soltos! Vamos lutar!

Deixe um comentário sobre o que você está achando do blog, sugestões, críticas, elogios, tudo é bem-vindo!

Um grande beijo dessa que vos escreve, Natty Wilde.

Facebook_Logo /blogmeidentifiquei

instagram @me-identifiquei

You Might Also Like

2 Comments

  • Reply TOP 5 Mulheres badass dos filmes! - Me Identifiquei 8 de março de 2016 at 22:19

    […] E sobre o que falei no vídeo, não vou escrever sobre o feminisno, hoje, rs. Mas é só pra lembrar que MULHER não é OBJETO e não é porque ela está sozinha, pelada, de saia curta, de top, de vestido marcado, de sapato largo, com vestido longo, com cabelos lisos, cacheados, rastafari, com tatuagem, com piercing, virgem, lésbica, bissexual que ela esteja pedindo que lhe assaltem, que lhe agridam, que lhe violentem e que lhe matem! Vivemos numa sociedade, teoricamente, livre, logo, toda mulher tem o DIREITO de ser o que quiser, vestir o que bem entender, sair com quantos, pra onde e com quem ela quiser. E para aquelas mulheres que sofrem algum tipo de violência doméstica, por favor, DENUNCIEM, o telefone da Central de Atendimento à Mulher – Ligue 180 funciona 24 horas por dia, todos os dias na semana. Para mais informações, cliquem aqui! […]

  • Reply Mas eu não sou obrigada a ser feminista. Oi? - Me Identifiquei 9 de março de 2017 at 00:34

    […] você sofrer qualquer tipo de abuso, seja físico, mental ou sexual, por favor, ligue para o 180 de qualquer telefone, o funcionamento é 24 horas por […]

  • Leave a Reply